Arquivo

Archive for the ‘Sem categoria’ Category

Nomenclatura Debian

6 de julho de 2016 Deixe um comentário
debian-logo

Logo Debian

 

Muitas vezes ao atualizar um Debian, precisamos ver sua versão no /etc/debian_version e depois procurar a source-list correspondente a esta numeração, sendo que nem sempre lembramos a o nome da versão do debian.

Todos os codinomes das versões Debian seguem nomes de personagem da saga Toy Story.

O ciclo de desenvolvimento das versões do Debian passa por três fases:

  • “Unstable” – instável
  • “Testing” – teste
  • “Stable” – estável

A versão unstable tem sempre codinome SID.

Segue abaixo versões:

9.0 — Strech 05 de Janeiro de 2017
8.0 — Jessie 25 de abril de 2015
7.0 — Wheezy 4 de maio de 2013
6.0 — Squeeze 6 de fevereiro de 2011
5.0 — Lenny 15 de fevereiro de 2009
4.0 — Etch, 8 de abril de 2007
3.1 — Sarge, 6 de junho de 2005
3.0 — Woody, 19 de julho de 2002
2.2 — Potato, 15 de agosto 2000
2.1 — Slink, 9 de março de 1999
2.0 — Hamm, 24 de julho 1998
1.3 — Bo, 2 de junho de 1997
1.2 — Rex, 1996
1.1 — Buzz, 1996

 

Anúncios

Lista de IPS atualizada do WHATS APP

29 de dezembro de 2015 Deixe um comentário
Whatsapp

IPS WHATSAPP

Lista atualizada de IP’s que o Whats App utiliza para a comunicação do aplicativo com os servidores.  A relação contém todos os blocos IPV4 e IPV6 utilizadas pelo app.

No caso de você querer bloquear o tráfego em sua rede para o Whats App, terá que bloquear todos os IPS na lista. Se não tiver saída v6, bloqueie apenas os IPv4.

LISTA DE IP’s: Clique aqui.

Para bloquear por nome, utilize os DNS listados nesta página: https://github.com/ukanth/afwall/wiki/HOWTO-blocking-WhatsApp

 

Descobrir versão do .NET Framework

17 de novembro de 2015 Deixe um comentário
.NET Framework

.NET Framework

Em muitos casos precisamos verificar a versão do .Net Framework no servidor para resolver algum problema de compatibilidade de versão. Este programa aqui pode ajudar, listando todas as versões instaladas no servidor.

Basta descompactar o arquivo e rodar no seu servidor, bem simples e funcional.

Checar Garantia Dell

30 de dezembro de 2014 Deixe um comentário
DELL

DELL

Checar garantia de equipamentos DELL!

Sempre que preciso saber a garantia de um equipamento Dell eu recorro a este site que é muito útil para servidores, switchs, storages, discos e etc.

Basta inserir o Service Tag no local indicado, em seguida, para consultar detalhes da garantia, faça a verificação do Captcha.

Cheque aqui a garantia do seu equipamento Dell!

Categorias:Sem categoria Tags:,

Parabéns ao Redes Linux

26 de outubro de 2013 Deixe um comentário

Esse mês de Outubro, o Blog LinuxRede fez um ano de existência. Com cerca de 22 posts apenas. Um blog novo com ainda pouca produtividade. Um blog que eu fiz mais com o intuito de relembrar como havia feito algumas coisas, mas que por falta de tempo não posto nem 1% das coisas que eu faço.

Mas mesmo com tão pouca produtividade, este blog comemora um ano de existência com 3500 acessos, poucos comentários (esteve quase sempre sem a opção de poder comentar), recebi muitos emails questionando ou para aprofundar sobre alguns posts meus.

Uma das maiores vitórias deste blog foi o primeiro post, que foi um passo a passo de instalação do Portal LifeRay. Esse meu step-by-step foi parar na wiki oficial do desenvolvedor. Sério! Parabéns para o blog e para a comunidade que aqui acessa!

3500 Acessos em um ano! Eu confesso que nunca fui pretensioso com este blog… Mas fiquei bem feliz e surpreso.

Os próximos posts deste blog serão sobre BGP, Firewall Iptables (Assunto que eu mais tenho interesse em redes), Pfsense, Zimbra e a criação de um Hostpot integrado com Vlan Cisco e Active Directory utilizando o sistema UniFI Pro Long Range da Ubiquiti. Ou seja, os projetos que atualmente estou liderando na empresa em que trabalho.

Obrigado a cada um que acessou, que leu, que me criticou!!! Espero que meus posts continuem ajudando aqueles (que como eu) precisam de uma direção em busca de soluções!

Atenciosamente,

Jacques de Beijer

Categorias:Sem categoria

Internet Routing Registry

25 de outubro de 2013 Deixe um comentário
RIR

RIR

Internet Routing Registry

A finalidade do IRR é garantir a estabilidade e consistência da Internet em todo o roteamento e compartilhamento de informações entre operadoras de rede, é composto por várias bases de dados em que os operadores de rede podem publicar as suas políticas de roteamento e de seus anúncios de roteamento de tal forma que outros operadores de rede podem fazer uso dos dados. Além de tornar a topologia da Internet visível, o IRR é usada por operadores de rede para procurar acordos de peering, determinar as políticas ideais, e, mais recentemente, para configurar seus roteadores.

Cada Registro Regional da Internet tem sua própria rede de informações de banco de dados, parte do qual é utilizada para o encaminhamento de informações. RADB e RIPE são ambas bases de dados públicas (registros), onde qualquer ISP pode publicar suas políticas.

A maioria desses bancos de dados também refletem um ao outro. Isso significa que só é necessário registrar em um banco de dados. Para obter informações de todos os bancos de dados espelhados, você pode consultar banco de dados RIPE usando a flag ‘-a’.

Para quem administra um ASN, conhecer sobre tais registros é muito importante. Isso ajuda a definir de forma coerente sua política de roteamento e as informações sobre o mesmo.

Segue um bom material que foi publicado na GTER.

Download aqui: Internet Routing Registry (IRR)

Categorias:Roteamento, Sem categoria Tags:, , , , ,

Mudar a porta do Remote desktop – Terminal Services – RDP

2 de agosto de 2013 Deixe um comentário

Mudar a porta do Remote desktop – Terminal Services – RDP

Remote Desktop

Remote Desktop

Remote Desktop Protocol (ou somente RDP) é um protocolo multi-canal que permite que um usuário se conecte a um computador rodando o Microsoft Terminal Services. Existem clientes para a maioria das versões do Windows, e outros sistemas operacionais como o Linux. O servidor escuta por padrão a porta TCP 3389.

Baseado no protocolo da ITU T.share (conhecido como T.128), a primeira versão do RDP (chamada versão 4.0) foi introduzida com o Terminal Services no Windows NT 4.0 Server, Terminal Server Edition. A versão 5.0 introduzida com o Windows 2000 Server adicionou suporte para alguns recursos incluindo impressão em impressoras locais e foi voltado para melhorar o uso da banda. A versão 5.1, lançada com o Windows XP inclui vários recursos como suporte a cor em 24-bits e som.
Características (By WikiP:

  • Suporte a 24 bits de cor, dando uma paleta de 16,7 milhões de cores. (8, 15 e 16 bits de cor também são suportados.)
  • Criptografia de 128 bits, usando o algoritmo de criptografia RC4. (Esta é a segurança padrão, clientes mais antigos podem usar criptografias menos fortes.)
  • Áudio permite que usuários rodem um programa de áudio no computador remoto e ter o som redirecionado ao computador local.
  • Redirecionamento de Sistemas de Arquivos permite que se use arquivos locais na máquina remota.
  • Redirecionamento de Impressora permite que os usuários usem suas impressoras locais na sessão remota como se fosse uma impressora local ou compartilhada na rede.
  • Redirecionamento de Porta permite que programas rodando dentro da sessão acessem portas locais seriais e paralelas diretamente.
  • A Área de Transferência pode ser compartilhada entre os dois computadores.

O Remote desktop é o software nativo do windows para acessar outro computador em  modo gráfico. Por padrão ele utiliza a porta 3389… Esta porta é batida, por isso em alguns casos é necessário trocar.

Nada que um portscan não ache, mas…

Vamos lá:

1. Execute regedt32 e encontre a seguinte chave:

HKEY_LOCAL_MACHINE\System\CurrentControlSet\Control\
Terminal Server\WinStations\RDP-Tcp

2. Encontre a subkey “PortNumber”. Observe que o valor padrão está “00000D3D” (hexadecimal para 3389). Modifique o valor padrão e salve.

Para se conectar do lado do cliente, no remote desktop, basta digitar o o hostname ou ip, e a nova porta de conexão. Exemplo, se você mudou a porta para 4543, basta digitar no cliente do Remote Desktop ip_do_server:4543.

Agradecimento ao amigo Illuminati, Marcos Melo.

Categorias:Sem categoria